Boletim da BE

segunda-feira, 30 de maio de 2011

LIVRO DA SEMANA

Efeito de estufa... chuva ácida... incêndios nas florestas húmidas... animais em extinção...

Sabias que todos os dias podes ajudar a resolver estes problemas? Tudo o que fazes, desde comer um gelado até tomar um banho, tem efeitos no ambiente. Por vezes bons, por vezes maus.

o Guia do Jovem Consumidor Ecológico e ficarás espantado com o que poderás aprender sobre refrigerantes, batatas fritas, comida rápida, canetas e papel, pasta de dentes, papel higiénico e tampos de sanita e como tornar a tua escola ecológica.

Este livro ajudar-te-á a salvar o planeta!

quinta-feira, 26 de maio de 2011

CLUBE DE LEITURA- Arcádia Arucitana
4ª Sessão (18/ 05)



«Ler é viver! Ler é ser feliz! Ler é conviver!

Ler é ter amor! Ler serve para imaginar!» - Luís Bate, 7ºB





Na 4ª sessão do Arcádia Arucitana, o Francisco retomou um título da 2ª sessão – Caim, de José Saramago, cuja leitura entretanto terminara, observando que a manipulação do tempo narrativa (a confluência num tempo presente do passado e do futuro) e o alargamento da nossa cultura mitológica e religiosa são os motivos principais pelos quais recomenda este romance. “Para além disso, esta obra de Saramago nem é das mais difíceis de ler, e considero que a polémica em torno do livro foi exagerada, pois apesar da crítica ao catolicismo, não deixa de ser um bom exercício de ficção.”



O Vitor trouxe para a mesa duas obras: Pensamento Judaíco (André Chouraqui) , obra adquirida na Feira do Livro Usado, e Os Ditadores (Richard Overy).
Na primeira, explica-se a passagem do politeísmo ao monoteísmo e, na segunda, o autor centra a sua pesquisa nas figuras de Hitler e Staline, estabelecendo diferenças e semelhanças entre eles. A conversa fluiu facilmente e recordaram-se outros nomes, havendo ainda espaço para a intertextualidade - foi citado um verso de Ary dos Santos , a partir da sua composição ‘A Condição Humana’ , com que o Vítor finalizou a sua intervenção:
“A guerra resulta de uma coisa – a incompreensão.”



O Manuel ‘convidou’ a Rainha Noor para o debate sobre livros e leituras, ou seja, propôs a leitura da sua autobiografia no título Memórias de uma Vida Inesperada – Rainha Noor. A obra foi adquirida na última edição da Feira do Livro de Moura , e embora permita ao leitor comum ter uma ideia do que foi/ é a vida de uma rainha no Médio Oriente, não é muito interessante «pelo facto de ter nomes estranhos que dificultam a leitura e a identificação imediata de quem é quem ».



PRÓXIMO ENCONTRO: 01/06 (14.30 - 15.30)



APARECE!

CLUBE DE LEITURA- Arcádia Arucitana
3ª Sessão (27/04)


Reunimo-nos, pela terceira vez, para trocarmos impressões sobre as obras entretanto lidas, no âmbito do Concurso Nacional de Leitura (CNL).

A Inês e o Manuel viram-se enredados n’ Um Crime no Expresso do Oriente, seguindo as pistas de Hercule Poirot, o sui generis detective belga protagonista de muitos títulos da autora britânica Agatha Christie.

Recontaram ainda a aventura de Dulce, uma espéciede ‘Lolita’ actual, e a personagem principal de Para Maiores de Dezasseis, da escritora portuguesa Ana Saldanha.


O Francisco e o Vítor, juntamente com outros participantes da nossa escola no CNL, analisaram as obras literárias O Bom Inverno (João Tordo) e Livro (José Luís Peixoto).

segunda-feira, 23 de maio de 2011

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA - FINAL





A aluna Marisa Sofrino participou no último sábado, dia 21 de Maio, na prova final do Concurso Nacional de Leitura que decorreu em Lisboa.





Num universo de 25000 alunos, a Marisa integrou o grupo dos seis melhores alunos que participaram na final do Ensino Secundário.





Parabéns pelo seu óptimo desempenho! A Escola Secundária está muito orgulhosa da sua participação.

LIVRO DA SEMANA

MARIA - Os Segredos da Irmã mais Velha

de Margarida Fonseca Santos e Maria João Lopo de Carvalho



A Maria tem quinze anos e é a mais velha de seis irmãos. O seu dia-a-dia está cheio de acontecimentos. Da escola ao ballet, passando pela vida familiar e pelos programas com os amigos, a Maria vive intensamente cada momento, ao mesmo tempo que vai aprendendo a conhecer-se a si mesma e aos outros.

Se tudo isto já é só por si um grande desafio, a vida torna-se ainda mais complicada quando, a meio do ano lectivo, um novo colega - o João Pedro - chega à Escola Martim Moniz. Ele é tímido e discreto, mas a sua presença marca a vida da Maria e leva-a a perguntar-se: "Será que me apaixonei mesmo a valer?"

No entanto, esta situação não agrada a todos, principalmente ao Hugo, que tudo fará para os separar.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

NOVAS AQUISIÇÕES/NOVIDADES

NOVAS AQUISIÇÕES / NOVIDADES



Na Feira do Livro de Moura foram adquiridas as seguintes obras literárias:

As palavras são cantigas


Invisível


Encontro em Jerusalém


O império dos pardais


A porta do tempo


Em busca do mapa desaparecido


A casa dos espelhos


O rapaz da porta ao lado


O novo acordo ortográfico


A luz de um novo dia


Seduzida


Vittorio, o vampiro


Uma promessa de amor


Homens da luta


Filosofia para um jovem


Prontuário da Língua Portuguesa


Liga-me


O homem que sabia contar


Imperfeitos


Segundo verão das quatro amigas e um par de calças


Agressividade na escola


Violência nas escolas


Guia de História de Arte


Mulheres coragem


Reflexos de uma guerra inútil





































































































































































































































































































































segunda-feira, 16 de maio de 2011

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA - 3ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA




A aluna Marisa Sofrino, do 12ºAno, Turma E, participou no último sábado, 14 de Maio, nas provas da semifinal do Concurso Nacional de Leitura realizadas em Lisboa, tendo sido apurada para a final a realizar no próximo dia 21 de Maio.




Parabéns pelo seu desempenho e felicidades para a final!
















Obras lidas:


















































































































Obras lidas:


























LIVRO DA SEMANA

CONTOS e POEMAS

(antologia)


Artur Proença, Joaquim de Matos e Raul Gomes



Os três irmãos de Medranhos, Rui, Guanes e Rostabal, eram então, em todo o reino das Astúrias, os fidalgos mais famintos e os mais remendados.


Nos Paços de Medranhos, a que o vento da serra levara vidraça e telha, passavam eles as tardes desse Inverno, engelhados nos seus pelotes de camaleão, batendo as solas rotas sobre as lajes da cozinha, diante da vasta lareira negra, onde desde muito não estalava lume, nem fervia a panela de ferro. (...)


(...) Ora, na Primavera, por uma silenciosa manhã de domingo, andando todos três na mata de Roquelanes a espiar pegadas de caça e a apanhar tortulhos entre os robles, enquanto as três éguas pastavam a relva nova de Abril - os irmãos de Medranhos encontraram, por trás de uma moita de espinheiros, numa cova de rocha, um velho cofre de ferro. (...)


O Tesouro, da obra Contos, de Eça de Queirós





DEFESA

O Sol é meu e dos meninos ricos...

- Triste de quem não vê florir as rosas!

Triste de a quem somente foram dadas

ruas sombrias, lôbregos desvãos!


Ah!, mas não tenho a culpa. Sou moreno,

sou forte, porque o Sol me quer assim.

Digam ao Sol, se entendem, que se esconda:

não me peçam a mim que esconda as mãos,

nem que neguem meus olhos e meus lábios!

o milagre de o Sol gostar de mim!


Sebastião da Gama

domingo, 15 de maio de 2011

SEMANA DA LEITURA - Actividades Desenvolvidas

SEMANA DA LEITURA






Integrada na Feira do Livro de Moura , decorreu, de 26 de Abril a 6 de Maio, a Semana da Leitura.






No dia 26 de Abril, desenvolveu-se a actividade Encontro com Paulo Godinho, professor nesta escola e autor do conto ‘Raiz’, integrado na obra Heróis à moda do Alentejo, pretexto para este encontro.
A apresentação esteve a cargo do aluno Vítor Valério (10ºC) e a actividade consistiu na representação do vários momentos de criação da obra, pelos alunos Francisco Molho (10ºC) e Carlos Apolo (11ºF) e leitura do conto pelo próprio autor, seguidas de troca de impressões.












Participação especial da assistente operacional Leonor Cardoso.
















No dia 28 de Abril, Encontro com Autores Universais, magnificamente interpretados pelos alunos: Alexandra Gomes (12ºA) – Bocage; Ana Marta Limpo (12º E) – Florbela Espanca; Ana Patrícia Dias (12ºA) – apresentadora; Catarina Parreira (8ºB) – Shakespeare; Carolina Ganchinho (10º C) – tradutora de Latim; Francisco Molho (10ºC) – Tito Lívio; Guilherme Mestre (10ºC) – Vergílio; Inês Cerejo (10ºC) – tradutora de Latim; Joana Santos (12ºA) – Sophia de Mello Breyner Andresen; Marisa Sofrino (12º E) – Natália Correia; Pedro Geadas (12ºD) – Camões; Sara Semião (12ºC) – apresentadora; Tiago Brito (12ºE) – Fernando Pessoa.
















































De salientar a participação especial da assistente operacional, Leonor Cardo-so e do aluno Carlos Apolo (11ºF).





























O Encontro terminou com a interpretação de canções em Francês pelos alunos do 10º Ano.











































No dia 4 de Maio, os alunos das turmas A, B e C do 7ºAno assistiram, no espaço da Feira do Livro de Moura, a um Encontro com a escritora Ana Saldanha. Os alunos participaram na actividade com muito interesse e empenho, colocando questões muito pertinentes sobre a biografia e bibliografia da autora.
Esta actividade decorreu em articulação com a Biblioteca Municipal.




De registar, ainda, um outro Encontro com pais/encarregados de educação dos alunos do 7º Ano, Turma C com os respectivos educandos, na disciplina de Língua Portuguesa. Os pais tiveram a oportunidade de ler para os filhos e restantes alunos e de contribuir para o enriquecimento dos mesmos com o seu testemunho sobre as vantagens da leitura.






Assistiu-se também a uma exposição de trabalhos, na biblioteca escolar, sobre a etimologia dos nomes próprios , realizada pelos alunos d0 7º Ano na disciplina de Latim.


































segunda-feira, 9 de maio de 2011

LIVRO DA SEMANA





UM POMBO CHAMADO COLOMBO


de


Margarida Fonseca Santos, Maria Teresa Maia Gonzalez






Vida de pombo não anda nada fácil, especialmente quando se é um pombo-correio na era das novas tecnologias... Após uma vida inteira ao serviço dos monarcas da ilha Malu-ka, o pombo chamado Colombo tem de enfrentar a realidade de que se encontra, pela primeira vez... desempregado. E agora?




(...) "Então começou a ouvir dentro da sua cabeça uma vozinha que lhe disse:


- Vais ficar aqui o resto da vida a lamentar-te, Colombo?


Espantado, olhou em volta.


- Quem está aí? Quem falou?


- Sou eu, aqui dentro da tua cabeça, tonto... Não podes ver-me, claro...


- Ah... estou a perceber. És a voz da minha consciência!


- Hi-hi-hi! Qual consciência, qual capacete de aviador! Sou tu próprio, mas mais novo, entendes agora? " (...)

segunda-feira, 2 de maio de 2011

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA - 2ª FASE

Alunos participantes do 3ºCiclo e do Ensino Secundário da Escola Secundária de Moura




Decorreu no último sábado, 30 de Abril, no Cineteatro Caridade, a 2ª fase do Concurso Nacional de Leitura (fase distrital).






Alunos Ensino Secundário















Alunos 3º Ciclo




Os alunos da nossa escola tiveram um óptimo desempenho, tendo obtido um honroso 2ºlugar (Ens. Sec.) e dois, também honrosos, 3ºs lugares (3º Ciclo e Ens. Sec.).



Parabéns a todos os participantes!



A 3ª Fase (nacional) decorrerá em Lisboa, no dia 14 de Maio e contará com a presença da aluna Marisa Sofrino (2º lugar- fase distrital).

LIVRO DA SEMANA




(...)A Carla bem tenta confessar o que a preocupa, mas ninguém parece querer ouvi-la ou compreender o que diz. Pelo menos, pode contar com o Miguel, o namorado. Ou será que não?


Quando já está desesperada, a sua avó adivinha o que anda a preocupá-la.


- A mamã julgou que eu não estava a falar a sério, a tia Laura não entendeu o que eu queria dizer. E agora o Miguel não veio, ele vai deixar-me sozinha. Vovó, o que é que eu hei-de fazer?(...)

SUGESTÕES DE LEITURA

Lendas da Moura Salúquia







A morte do rei, Margarida Palma










Reis que amaram como rainhas,
Fernando Brusquetas de Castro









Nelson Mandela, Arquivo Íntimo




AUTOR DO MÊS

JOSÉ LUÍS PEIXOTO








José Luís Peixoto nasceu em 4 de Setembro de 1974, em Galveias, Portalegre.
É licenciado em Línguas e Literaturas Modernas (Inglês e Alemão) pela Universidade Nova de Lisboa. Antes de se dedicar profissionalmente à escrita, trabalhou como professor em Praia (Cabo Verde) e em várias cidades de Portugal.

Tem publicado poesia e prosa.

Recebeu o Prémio Jovens Criadores (área de literatura) nos anos 97, 98 e 2000.
Em 2001, recebeu o Prémio Literário José Saramago com o romance Nenhum Olhar, que foi incluído na lista do Financial Times dos melhores livros publicados em Inglaterra no ano de 2007.
Ainda em 2001, publica A Criança em Ruínas, o seu primeiro livro de poesia.
Em 2005, escreveu as peças de teatro Anathema (estreada no Théâtre de la Bastille, Paris) e À Manhã (estreado no Teatro São Luiz, Lisboa).
Em 2006, publicou o romance Cemitério de Pianos que recebeu o Prémio Cálamo - Otra Mirada, atribuído ao melhor romance estrangeiro publicado em Espanha nesse ano.
Em 2007 estreou a peça Quando o Inverno Chegar, no Teatro São Luiz, em Lisboa.
Em 2008, recebeu o Prémio de Poesia Daniel Faria instituído pela Câmara Municipal de Penafiel.
Em 2008, após a edição de Nenhum Olhar nos Estados Unidos (sob o título The Implacable Order of Things), registou-se a sua integração na selecção semestral "Discover Great New Writers" das livrarias Barnes & Noble, sendo o único romance em língua estrangeira a fazer parte dessa lista, o que lhe facultou uma exposição excepcional na maior cadeia de livrarias dos Estados Unidos e do mundo.
Em 2009, Cemitério de Pianos foi um dos 10 romances finalistas do Prémio Portugal Telecom de Literatura.
Neste mesmo ano, os livros Morreste-me e Gaveta de Papéis são publicados em braille.
Em 2010 publicou o romance Livro.

O Município de Ponte de Sor criou um prémio literário com o nome de José Luís Peixoto para jovens autores.

Os seus romances estão publicados em Espanha, Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, Itália, França, Finlândia, Holanda, entre outros, estando traduzidos num total de 18 idiomas.

É colaborador de diversas publicações nacionais e estrangeiras (Time Out, Jornal de Letras, Visão).
Os seus livros têm tido referências críticas em publicações internacionais de referência como: The Independent, The Guardian, Esquire, Monocle, Metro, Time Out New York, San Francisco Chronicle, El País, El Mundo, ABC, Le Figaro, Le Monde, La Reppublica, Corriere de la Sera, L'Unitá, Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, entre outros.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Lu%C3%ADs_Peixoto


Obras Publicadas

Ficção
2000 - Morreste-me
2000 - Nenhum Olhar
2002 - Uma Casa na Escuridão
2003 - Antídoto
2006 - Minto Até ao Dizer que Minto
2006 - Cemitério de Pianos
2007 - Hoje Não
2007 - Cal
2010 - Livro

Poesia
2001 - A Criança em Ruínas
2002 - A Casa, a Escuridão.
2008 - Gaveta de papéis

Obras de teatro
2006 - Anathema (Estreada no Theatre de la Bastille em Paris)
2007 - À Manhã (Estreada no Teatro São Luiz em Lisboa)
2007 - Quando o Inverno Chegar (Estreada no Teatro São Luiz em Lisboa)

Textos para músicas
2007 - Negócios Estrangeiros, para Da Weasel
2008 - O Velório de Cláudio ou a Representação Bufa de Personagens Históricas
2008 - Orfeu ed Eurídice (uma adaptação)

Escreveu textos para os grupos A Naifa, Quinta do Bill, Mísia, Joana Amendoeira.