Boletim da BE

segunda-feira, 13 de junho de 2011

LIVRO DA SEMANA


O HOMEM QUE SABIA CONTAR

Malba Tahan*


Um humilde pastor persa do séc. XIII, Beremiz Samir, exímio no exercício da arte de calcular, é o protagonista deste livro.


O enredo ambienta-se no exotismo do Médio Oriente, mesclando aspectos da cultura islâmica, da herança grega e de outras grandes culturas, e reflecte com fascinante realismo o clima filosófico, religioso e social da época.



No universo narrativo são integrados curiosos problemas e enigmas matemáticos e lógicos, aparentemente complicados mas sempre iluminados pela simplicidade dos raciócínios que lhes proporcionam solução.



* Malba Tahan é o pseudónimo de Júlio César de Mello e Souza, um professor e autor de múltiplos talentos, entre eles o de contador de histórias tradicionais, que foi acima de tudo um pedagogo visionário, preocupado em reflectir sobre os métodos de ensino. A Matemática foi o terreno por excelência que escolheu para transmitir conteúdos pedagógicos de forma lúdica e divertida.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

BIBLIOPAPER - Atribuição de Prémios

Bibliopaper


A Biblioteca Escolar procedeu à atribuição dos prémios referentes ao concurso Bibliopaper.


Os alunos contemplados pertencem às equipas classificadas em 1º lugar lugar e fazem parte das turmas 7ºA, 7ºB, 8ºA e 9ºA.


Cada um dos nove alunos recebeu um livro de aventuras oferecido pela Porto Editora.


A todos os alunos, quer os classificados na 1ªposição, quer os classificados na 2ª, foi-lhes oferecido um certificado de participação.




Parabéns a todos e boas leituras!








































































segunda-feira, 6 de junho de 2011

LIVRO DA SEMANA



TENTO NA LÍNGUA!

Grallhas que por aí grasnam...Erros que por aí grassam...

António Marques



Qualquer falante da língua materna-no caso, o Português- que quisesse fazer um teste à sua "competência linguística" como utente dessa língua poderia experimentar pôr em prática, durante uns dias, esta sugestão:


- Sempre que se encontre na situação de receptor em código linguístico- e isso acontece normalmente a toda a hora- quer a nível escrito como leitor, quer a nível oral como ouvinte, procure detectar e registar todos os "pontapés na gramática" que vai lendo e ouvindo.


Se, ao fim de cada dia, não tiver registado pelo menos meia dúzia (e é ser condescendente), então poderá concluir, seguramente, que a sua "competência linguística) não é famosa...


Convidamo-lo agora, caro possível leitor, a confrontar a sua competência linguística com os erros mais frequentes que aqui se registam e comentam. Experimente! Pode ter surpresas...




quarta-feira, 1 de junho de 2011

AUTOR DO MÊS








Stephen Hawking



Nasceu em Oxford, Inglaterra, a 8 de Janeiro de 1942.
Em 1959 entrou para a University College, Oxford, para estudar Matemática, mas por este curso não estar disponível na universidade, optou então por Física, formando-se três anos depois. Os seus principais interesses eram a termodinâmica, a relatividade e a mecânica quântica. Em 1966, doutorou-se na Trinity Hall em Cambridge, onde é actualmente membro honorário. Depois do doutoramento, passou a ser investigador e, mais tarde, professor nos Colégios Maiores de Gonville e Caius. Depois de abandonar o Instituto de Astronomia em 1973, Stephen entrou para o Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica tendo, entre 1979 e 2009, ocupado o posto de professor lucasiano de Matemática, cátedra que fora de Newton, sendo actualmente professor lucasiano emérito da Universidade de Cambridge.



Hawking é portador de esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma rara doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo sem, no entanto, atingir as funções cerebrais, sendo uma doença que ainda não possui cura. A doença foi detectada quando tinha 21 anos. Em 1985 teve que se submeter a uma traqueotomia devido ao agravamento da ELA, após ter contraído pneumonia e, desde então, utiliza um sintetizador de voz para comunicar. Gradualmente, foi perdendo o movimento dos braços e pernas, assim como do resto da musculatura voluntária, incluindo a força para manter a cabeça erguida, de modo que a sua mobilidade é praticamente nula.



Os principais campos de pesquisa de Hawking são a cosmologia teórica e gravidade quântica. Em 1971, e em colaboração com Roger Penrose, provou o primeiro de muitos teoremas de singularidade que fornecem um conjunto de condições suficientes para a existência de uma singularidade no espaço-tempo. Este trabalho demonstra que, longe de serem curiosidades matemáticas que aparecem apenas em casos especiais, singularidades são uma característica genérica da relatividade geral.
Hawking também sugeriu que, após o Big Bang, primordiais ou miniburacos negros foram formados. Com Bardeen e Carter, propôs as quatro leis da mecânica de buraco negro, fazendo uma analogia com a termodinâmica. Em 1974, calculou que buracos negros deveriam, termicamente, criar ou emitir partículas subatómicas, conhecidas. Também demonstrou a possível existência de mini buracos e participou dos primeiros desenvolvimentos da teoria da inflação cósmica no início da década 80 com outros físicos como Alan Guth, Andrei Linde e Paul J. Steinhardt, teoria que tinha como proposta a solução dos principais problemas do modelo padrão do Big Bang.



O asteróide 7672 Hawking é assim chamado em sua homenagem.
A 9 de Janeiro de 1986, foi nomeado pelo papa João Paulo II membro da Pontifícia Academia das Ciências.
Em 1993, participou de episódio da série Star Trek - A Nova Geração em cena em que é um holograma, conjuntamente com Newton e Einstein, jogando cartas com o personagem Data.
Em 1994, participou na gravação do disco dos Pink Floyd, The Division Bell, fazendo a voz digital em "Keep Talking".
Participou algumas vezes n’ Os Simpsons, Futurama, O Laboratório de Dexter, Os Padrinhos Mágicos, no cartoon Dilbert e em Superhero Movie.
Recentemente participou numa publicidade do Discovery Channel chamada Eu amo o Mundo, onde disse "Boom De Ya Da".









Obras Publicadas




-Breve História do Tempo: do Big Bang aos Buracos Negros
-Buracos Negros, Universos-Bebés e outros Ensaios
-
O Fim da Física
-A Natureza do Espaço e do Tempo
(em co-autoria com Roger Penrose)
-Breve História do Tempo Ilustrada
-O Universo numa Casca de Noz

-O Futuro do Espaço-Tempo (em co-autoria com Alan Lightman, Kip Thorne, Igor Novikov e Timothy Ferris)
-Os Génios da Ciência: Sobre os Ombros de Gigantes
-Brevíssima História do Tempo (em co-autoria com Leonard Mlodinow)

-George e o Segredo do Universo (em co-autoria com Lucy Hawking. As idéias e conceitos de Física e Astrofísica de Hawking sobre o Universo, contadas num enredo de aventuras voltado para as crianças).


SUGESTÕES DE LEITURA




Guernica, Dave Boling






Precious, Sapphire















O Fiel Jardineiro, John Le Carré







Inês de Portugal, João Aguiar