Boletim da BE

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

LIVRO DA SEMANA

Nesta semana, ainda dedicada ao AMOR, sugerimos a leitura da obra: "Fala-me de amor" de Graça Gonçalves.



(...)
Ele atirou-me um beijo.
Inesperadamente.
E eu...Bem eu, apressei-me a agasalhar o beijo.
O beijo sentiu-se tão bem acolhido e tão abrigado do ventinho que soprava, que se deixou ficar e aconchegou-se muito acanhadinho até passar a fazer parte de mim.
Ele chamava-se Armor.
Eu chamava-me Felicidade.
Era Verão. A praia, de um lado, recebia o toque suave da ria; do outro lado, o ímpeto e a turbulência do mar. Por perto, sempre um ventinho que trazia o cheiro a maresia.
(...)
Nessa tarde, como se fosse um acaso, eu já estava no cais quando ele chegou. Sentei-me no banco tosco feito de tabuinhas. As palavras que tínhamos trocado eram poucas, os olhares muitos (deixavam-me num alvoroço...). E foi exactamente sem recorrer às palavras, mas com um gesto, que aquilo acontece. Ele olhou-me e, com a mão, mandou-me um beijo.
E eu agasalhei o beijo.
E eu senti-me beijada.
Que iria acontecer? Que iria acontecer?
Então, também inesperadamente, foi-se embora.
Sem mais. Como se tivesse sido uma ilusão. 

Fala-me de Amor, Graça Gonçalves, Edições Gosta

      Escrito numa linguagem clara, como convém ao público juvenil, mas de bom estilo, aborda temas imperiosos do nosso tempo: a falta de comunicação na família, a droga, a violência, a anorexia, a gravidez indesejada.
      Graça Gonçalves aborda estes problemas dos pontos de vista social e médico, apontando sempre um caminho e desafiando os jovens  a ousarem a magia dos afectos e a abrirem-se à energia transformadora do AMOR.

Sem comentários :

Enviar um comentário