sábado, 15 de março de 2014

sábado, 1 de março de 2014

AUTOR DO MÊS


Ondjaki


PRÉMIO JOSÉ SARAMAGO 20133


Ondjaki é o pseudónimo do escritor angolano Ndalu de Almeida, (Luanda, 05 de julho de 1977).

Ondjaki estudou em Luanda, tendo concluído a sua licenciatura em Sociologia em Lisboa. Em 2010, fez o doutoramento em Estudos Africanos, em Itália.

Após seis meses de estudos em Nova Iorque, na Universidade de Columbia, filmou com Kiluanje Liberdade o documentário Oxalá cresçam pitangas - histórias da Luanda.

            As suas obras estão traduzidas em várias línguas, como francês, inglês, alemão, italiano, espanhol e chinês.

Atualmente, Ondjaki vive no Brasil, no Rio de Janeiro.


OBRAS
  • Actu sanguíneu (poesia, 2000)
  • Bom dia camaradas (romance, 2001)
  • Momentos de aqui (contos, 2001)
  • O assobiador (novela, 2002)
  • Há Prendisajens com o Xão (poesia, 2002)
  • Ynari: A menina das cinco tranças (infantil, 2004)
  • Quantas madrugadas tem a noite (romance, 2004)
  • E se amanhã o medo (contos, 2005)
  • Os da minha rua (contos, 2007)
  • AvóDezanove e o segredo do soviético (romance, 2008)
  • O leão e o coelho saltitão (infantil, 2008)
  • Materiais para confeção de um espanador de tristezas (poesia, 2009)
  • Os vivos, o morto e o peixe-frito (ed. brasileira / teatro, 2009)
  • O voo do golfinho (infantil, 2009)
  • Dentro de mim faz sul, seguido de Acto sanguíneo (poesia, 2010)
  • A bicicleta que tinha bigodes (juvenil, 2011)
  • Os transparentes (romance, 2012)
  • Uma escuridão bonita (juvenil, Brasil/Portugal, 2013)

PRÉMIOS

- Actu sanguíneu (poesia) - Menção Honrosa no prémio António Jacinto (Angola, 2000);
- E se amanhã o medo (contos), Prémio Sagrada Esperança (Angola, 2004) e Prémio António Paulouro (Portugal, 2005);
- Bom dia camaradas - finalista do Prémio “Portugal TELECOM” (Brasil, 2007);
- Os da minha rua (contos), Grande Prémio APE (Portugal, 2007) e finalista do Prémio “Portugal TELECOM” (Brasil, 2008);
- Grinzane for Africa Prize - Young Writer (Etiópia/Italia/2008);
- AvóDezanove e o segredo do soviético (Brasil) - Prémio FNLIJ 2010 “Literatura em Língua Portuguesa”; Prémio JABUTI, categoria ‘juvenil’, (2010); finalista do Prémio Literário de São Paulo 2010 e finalista do Prémio “Portugal TELECOM” (Brasil, 2010);
- Ombela, a estórias das chuvas - Prémio Caxinde do Conto Infantil, (Angola, 2011);
- A bicicleta que tinha bigodes - Prémio Bissaya Barreto 2012, (Portugal, 2012) e Prémio FNLIJ 2013 “Literatura em Língua Portuguesa”, (Brasil, 2013);
- Os transparentesPrémio José Saramago 2013 (Portugal, 2013).